A Cidade

Conheça Pomerode "A cidade mais alemã do Brasil"

Pomerode surgiu com a imigração alemã no Brasil, em 1861, com a chegada dos primeiros imigrantes.

A criação da colônia, estrategicamente entre Blumenau e Joinville, foi incentivada pelo grupo do Dr. Hermann Blumenau. Com a chegada do século XX, pequenas indústrias se instalaram na região, com destaque para as de porcelana.

A maior parte desses imigrantes alemães vieram da região histórica da Pomerânia, situada entre o norte da Alemanha e Polônia e de onde se origina o nome do município.

Na história, há duas versões para o surgimento do nome Pomerode. Em alguns livros consta que deriva de Pommeroda, designação de um Ribeirão formado pelos Ribeirões Rauffmann e Ribeirão do Saco (Pomerode Fundos) afluente do Rio do Testo, próximo ao centro da cidade.

Em outras obras, se registra que o nome está relacionado à origem dos fundadores, imigrantes vindos da Pomerânia (Pommern),norte da Alemanha. Literalmente, é a junção do radical Pommern e do verbo rodern, verbo alemão que significa tirar os tocos, tornar a terra apta para o cultivo. De fato, os primeiros imigrantes que chegaram ao Brasil e ao Estado se dedicaram ao trabalho na terra e à agricultura familiar.

Atualmente, Pomerode possui aproximadamente 30 mil habitantes e é considerada um forte polo têxtil e metal-mecânico.

Além do português, é muito comum escutar cidadãos mais antigos falando alemão pelas ruas. O alemão falado é muito parecido com o alemão padrão (Hochdeutsch),no enanto, a maioria ainda se comunica pela coexistência de três códigos linguísticos, que é uma mistura do português, alemão e pomerano.

Em Pomerode e em suas cidades vizinhas podem ser encontradas várias edificações típicas da arquitetura germânica chamada de enxaimel. 

A cultura é forte no sentido de preservar as tradições de seus antepassados, sendo que a comida alemã e as festas germânicas encatam turistas de todo o mundo.

Venha conhecer Pomerode!


Café Regional

O Café Regional destaca-se por uma mesa farta composta por frutas, pães variados, manteiga, margarina, queijos, presuntos e embutidos típicos da região (linguiças e salames),geleias caseiras, mel e melado, bolos, o tradicional “strudel”, acompanhado de café com leite, chocolate quente, sucos e biscoitos.

O Café Regional destaca-se por uma mesa farta composta por frutas, pães variados, manteiga, margarina, queijos, presuntos e embutidos típicos da região (linguiças e salames),geleias caseiras, mel e melado, bolos, o tradicional “strudel”,…